Design Biofílico – O Novo Design Pós COVID-19

Design Biofílico – O Novo Design Pós COVID-19

O Que É, E Como Fazê-lo Funcionar Na Sua Casa?

 

É ou não é verdade que você sempre sonhou em morar num lugar cheio de paz e tranquilidade, que estivesse conectado ao máximo com a natureza?

Esse desejo tem se manifestado nos quatro cantos do mundo por causa da pandemia e, em poucos meses, foi o suficiente para garantir uma virada no design de interiores e na arquitetura, em direção à natureza.  Conhecido como Design Biofilico , este  o propósito de incorporar a natureza no ambiente construído.

Nos próximos parágrafos vou abordar como o design de interiores está sendo a afetado pelo novo comportamento imposto pela pandemia.Primeiramente, o confinamento social, ao nos manter em casa, mostrou falhas na funcionalidade de certas áreas de nossas casas. Mostrou também ausência de boa estética e ordem em outras áreas, mas principalmente mostrou, que nos falta em casa  “recursos” capazes de nos desestressar e nos transportar para um lugar mais  restaurador e saudável.

 

 

Home Office improvisado tem que funcionar durante a pandemia. Fonte: pocketmag

 

Segundo, as mudanças impostas pela pandemia, com relação a distanciamento social, higienização, bem-estar e entretenimento vieram para ficar e tem causado rodadas de discussão entre acadêmicos e profissionais do design de interiores, na tentativa de prever a direção futura da profissão.

É certo que uma coisa já ficou clara: Design Biofílico, Biomimétrica, Design Sustentável, Design Holístico,  Design Sensorial,Psicologia do Design, Neuroarquitetura…  serão os termos mais usados no que se referir  à Design de Interiores daqui para frente. Apesar de visões  diferentes, todas essas abordagens, valorizam a relação Homen/Natureza.

Você não precisa morar numa casa com belas vistas ou próxima a praias e parques. Existe uma maneira mais fácil de introduzir princípios da Biofilia no seu dia a dia. Sobretudo, se você se lembrar como o homen tem interagido com a natureza a milhares de anos.

 

Entenda exatamente o que é Design Biofílico:

 

É a prática de criar uma estreita conexão com a natureza, através da maneira como as construções são projetadas e construídas. A palavra Biofilia significa amor pela natureza, então trata-se de um tipo de design que usa os recursos naturais para criar harmonia entre a arquitetura moderna e o mundo natural. Um excelente exemplo é imagem abaixo. A milenar árvore estava no meio do terreno, atrapalhando o projeto. Derruba-la ? Jamais. Sua presença no meio da sala é mágica,e ainda divide com magestade a área da Tv do living mais formal. O Design Biofílico pode reduzir o stress, melhorar as funções cognitivas e criativas, e apressar curas.

 

Casa no Rio de Janeiro, por Alessandro Sartore, Foto MCA estúdio via The Spaces

Veja aqui minhas 7 sugestões para você introduzir o Design Biofílico na sua casa

 

 

1. Ar Puro

Devemos ter o hábito de manter cortinas e janelas abertas para o ar e os sons entrarem nos ambientes , mas você deve estar pensando… vai entrar pó e barulho de carro…. Entretanto vale a pena testar, porque não existe experiência na natureza que nos mantenha protegidos desses aspectos.

 

Sala de estar,jantar e cozinha conjugadas com entrada de luz e ar pela claraboia/mezzanino   Fonte: Houzz Uk

 

 

2. Luz e Sombra

 

Uma das maiores evidências de que estamos com saúde, é o perfeito funcionamento do nosso ritmo cicardiano. Para,isso ele precisa ter acesso a luz do dia e da noite. Intuitivamente, mapeamos as horas do nosso dia, acompanhando as sombras mudando de lugar, a medida que o sol se move. Logo,é preciso passar algum tempo do ” lado de fora”, estreitando as fronteiras entre dentro e fora de casa. Abra a cabeça quanto a lugares para trabalhar, tenho visto muitas pessoas mudando o home office para a varanda, por exemplo.

 

Fonte: fabulouslygreen.co.uk

3. Traga a Natureza para Dentro

 

Traga a natureza para a sua sala, porque a regra número um  do Design Biofilico, é que você tenha uma conexão visual com características da natureza, antes de qualquer coisa.

Através  de uma variedade de plantas, paredes  pintadas de verde, fontes, madeira, pedra, cores e texturas comuns na natureza.

Pense por exemplo, nos benefícios de uma divisória verde. Separa os ambientes, sem pesar visualmente como uma parede.  As plantas limpam o ar e quando penduradas no teto, funcionam como um filtro no ambiente. além de tirarem o foco de  aspectos menos favoráveis de uma decoração.   Não dispense  o uso de gravuras e pinturas com imagens de árvores, flores e folhas, elas também contribuem para criar o clima.

 

Divisória de ambientes perfeita para trazer a natureza para dentro dos ambientes. Acervo Pessoal

 

 

4. Crie um Jogo de Perspectiva e Refúgio

 

Lugares fechados, onde nos sentimos seguros, porém com a chance de olhar a distância, restabelecem nosso senso de segurança e conforto. Você tem um canto, no qual suas laterais e costas ficam protegidas, enquanto você “supervisiona” o movimento?

 

Espaços privados em escritório com planta aberta. Fonte:SeatGeek’s Soho offices, por Rayon Richards

 

5. Formas e Formatos Orgânicos

 

Hoje em dia o mais comum é encontrar linhas e cantos retos nas construções. As linhas curvas como das ondas, flores,conchas tem uma complexidade bonita, porém são mais caras de conseguir.

Então invista em trabalhos criados pelo designer Giuliano Martinuzzo,  e gravuras com linhas curvas. Procure estampas de círculos, ao invés de listras, tapetes com padrões orgânicos ao invés de lisos. Decore com galhos, pedras, flores, pois seus formatos ajudam a suavizar o ambiente.

 

 

Pintura na parede realizada pelo designer Giuliano Martinuzzo

 

 

6. O Espírito do Lugar

Quem se preocupa em incorporar a natureza nas construções, com certeza tem o cuidado de não agredi-la. Então qual a palavra de ordem que combina com esse conceito quando pensamos num projeto de design de interiores?  Sustentabilidade. Reutilização e reestilização de móveis, tecidos, quadros, roupas, bolsas chapéus, etc..

Quando pensamos em arvores, associamos à madeira gasta, com imperfeições, quando pensamos em cores…. a natureza não é nem bege , nem cinza…O lado de fora da nossa casa tem sons, tem cheiros… isso tudo constitui  o espírito do lugar.

Com tantas mudanças no mundo, tenho a certeza que você não quer ficar de fora. Vem fazer a diferença e apoie a a causa da reaproveitamento da moda, conheça nomoremag.

 

 

7. Biomimétrica

 

Aqui vamos nós com uma mais um termo, que até o começo de 2020 era pouco ouvido.

Assim como Biofilia, esse princípio está surgindo nos debates  sobre o futuro do Design de Interiores  pós pandemia da  Covid-19.

Biomimétrica é a área que estuda os princípios criativos e estratégicos da natureza, visando soluções para problemas atuais da sociedade, unindo funcionalidade, estética e sustentabilidade.

Cadeiras desenhadas por Eduardo García Campos,”Majestic Monarch Chairs” Fonte:Pinterest

O que isso tem a ver com a sua casa?

 

Daqui para frente vai crescer a oferta de móveis em formatos e materiais não usuais.  Serão propostas decorações  feitas com paredes móveis, de plantas, de papelão, por exemplo.

 

Parede Dobrável de Papelão

Parede Dobrável de Papelão. A liberdade de projetar seus espaços está nas suas mãos.   Fonte:molostudio

 

A ideia é que  você tenha mais liberdade para mudar tudo de lugar, a medida que tenha necessidade de um layout (  plano de distribuição dos elementos dentro de um espaço) para seu  ambiente, seja por motivos físicos ou emocionais.

Com todas essas mudanças repentinas no mundo, chegou o momento em que você mesma (o) vai por as mãos na massa para tomar a frente da decoração dos seus espaços.

Conte comigo, acesse Decoração Sem Dúvida.e conheça meus  cursos e planos de consultoria de Design de Interiores.

Um abraço,

Silvana Hindi

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A Sustentabilidade na Moda e no Design de Interiores

A Sustentabilidade na Moda e no Design de Interiores

 

Quando Stella McCartney e Vivienne Westwood  fazem parte de um movimento de responsabilidade ambiental, todo o mundo da moda presta atenção, certo? E quando 10 designers de interiores se destacam no último Salone Internazionale di Milano  por apresentarem projetos de desenvolvimento sustentável, o mundo do design redobra a atenção.

 

No design humano da marca italiana Sitia

”O trabalho humano “o novo conceito da Sitia em 2019 Fonte: pt.socialdesignmagazine.com

 

Moda e Design de Interiores Juntos Pela Mesma Causa

As marcas lideres de mercado estão se movimentando para atender um consumidor mais consciente sobre o futuro do planeta. Em menos de 10 anos, seremos mais de 9 bilhões de pessoas, demandando o que a natureza, já não pode mais nos dar.

É muito bom saber que as atitudes nessa direção não ficam apenas na Europa.  Aqui no Brasil, acaba de ser lançada uma revista digital www.nomoremag.com empenhada em informar seus leitores,  e divulgar os profissionais e marcas, que trabalham dentro da nova filosofia do design. Estética será sempre importante, mas não mais do que Sustentabilidade.

 

Fibra de côco

Revestimento de fibra de côco, opção sustentável para areas não molhadas. Fonte: pastilhart.com.br

 

 

Eu como Designer de Interiores, defendo mudarmos o foco puramente estético da decoração, para uma abordagem centrada no ser humano. Isso quer dizer que a primeira preocupação de um projeto de arquitetura e interiores, deve ser os desejos e necessidades, daquele que ocupará o espaço.

Não faz sentido colocar o homem no centro do projeto, sem realizar ações para preservar seu habitat.

O que cada um de nós pode fazer quando precisamos comprar roupas, eletrodomésticos, móveis,etc…?

Diante da imensa oferta de produtos, devemos procurar pelos  selos de certificação de sustentabilidade. Cada indústria tem os seus, e eles comprovam que as metodologias e processos envolvidos na fabricação do produto seguiram regras de preservação ambiental.

 

Cores lindas para paredes internas ou externas

Tinta a base de matérias primas naturais. Podem ser a base de plantas, animais ou minerais leves. Fonte sustentaqui.com.br

 

 

 

 

A Psicologia Ambiental nos Projetos de Design de Interiores

 

Com tudo isso em mente, fundei em 2017 a empresa  https://decoracaosemduvida.com.br/ comprometida em ensinar as pessoas a se envolverem com a decoração de suas casas. Mas ninguém decora baseado em dicas… por isso procuro embasar o que ensino em teoria científica.

A mais de 40 anos os “cientistas do lugar”, também conhecidos como psicólogos ambientais, vem pesquisando como o ser humano responde psicologicamente ao espaço físico.

Existem pesquisas que dão um panorama de como as pessoas reagem às cores, aos odores, às texturas, etc… Pintar o quarto do seu filho de amarelo, estimula-o a estudar mais.

Ninguém imagina, mas há grande relação entre a personalidade de uma pessoa e suas formas preferidas, como o layout de um espaço, por exemplo.

A altura de um pé direito interfere nas sensações despertadas nos espaços, isso só para dar alguns exemplos.

 

Design de Interiores nos Espaços Públicos

Acreditar que um espaço físico influencia o estado mental das pessoas que nele estão, fica mais simples quando pensamos nos espaços públicos.

A ciência do lugar pode contribuir muito nos projetos de construção e design de escritórios, hospitais, escolas, lojas e restaurantes por exemplo.  Todos os ramos de negócios fazem uso de tipo de  conhecimento, cada um a sua maneira,

 

 

Spa de descanso, escritório Google em Budapeste

Area de descanso no escritório da empresa Google em Budapeste, Hungria. Fonte: Behance.com

 

 

Nos hospitais, busca-se melhorar o momento do paciente, através das cores usadas , do mobiliário adaptado, dos odores, das vistas.

As escolas relatam experiências de maior assimilação das matérias, por parte dos alunos, devido a mudanças de design feitas nas salas de aula.

As lojas precisam vender sempre mais, logo tudo é pensado para envolver o potencial cliente. O uso dos materiais, formas e formatos, luzes, cores, são escolhidos, prioritariamente, para agradar o consumidor.

 

 

 Sua Casa Sustentável

 

Mas você deve estar se perguntando, o que essa tal de “Ciência do Lugar” pode fazer pela minha casa, e mais, como a sustentabilidade entra nessa história?

Em nenhum momento você vai aprender comigo a reciclar o lixo… pelo menos não o da cozinha… Mas também é sustentabilidade, reciclar os móveis, os tecidos, decorar usando coisas que fizeram parte da sua história. Sou avessa a casa tipo “vitrine de loja”.

A questão do reuso do material muitas vezes passa desapercebida. Reformar um móvel antigo, pendurar um quadro de família, são atitudes que fortalecem nosso vínculo com nossas casas.

Eu parto do princípio que a nossa casa é nosso refugio no mundo, o único lugar onde nos sentimos seguros, a salvo do” terrível mundo lá fora”. Somente nela, somos a verdadeira expressão de nós mesmos.

Só tem uma coisa triste nessa história. Não são todas as casas que estão preparadas para funcionar como esse espaço que encher nosso coração de felicidade.

 

 

 

Projeto dos arquitetos da "Casa Container Marília"

Casa contêiner tem 80% de materiais reciclados. Fonte:ciclovivo.com.br

 

Cheque  Aqui se a Sua Casa Tem: 

 

1.Espaços especialmente alocados, para que neles se cumpram, suas designadas funções.

2. Áreas privadas: uma pessoa deve ter liberdade para escolher entre interagir com os outros ou recolher-se em privacidade.

3. Peças, quadros, móveis, tecidos, que comunicam as características dos moradores ,criando oportunidades de socialização. (casa com personalidade)

4.Conforto Ambiental ( o termo descreve o grau de satisfação de um ser humano em um determinado lugar) reúne todos os  tipos de conforto;  psicológico, térmico, acústico, visual, qualidade do ar e ergonômico.

5.Continuidade. Espaços flexíveis que possam ser facilmente reconfigurados, porque as nossas necessidades mudam com o tempo.

Não se preocupe se você não conseguiu “ticar” os itens acima.

Fique comigo, porque vou tratar aqui de cada assunto da casa.

Sempre equilibrando a relação homem/espaço/natureza.

 

Abraços,

Silvana Hindi

 

 

 

 

 

 

 

Iniciar Conversa
1
Tem Dúvidas Sobre os Cursos?
Oi! como posso te ajudar hoje?
Powered by