Como Decorar as Paredes da sua Casa.

Como Decorar as Paredes da sua Casa.

Acerte na composição de quadros e decore você mesma as paredes da sua casa.

Como designer de interiores que atua a mais de 20 anos no segmento tenho memória de hábitos e costumes que marcaram as decorações no inicio do século XXI. Lembro-me que decorar as paredes de casa era tarefa para poucos. Por isso posso afirmar que comprar arte naquela época era bem mais complicado e caro do que nos dias de hoje.

Lá atrás empreguei muito tempo argumentando com clientes…. que sim, podíamos e deveríamos iniciar um projeto a partir da inspiração de uma obra de arte ao invés de iniciar por armários, sofá, poltronas…Entretanto itens como quadros sempre fizeram parte da relação de compras finais do projeto. Injustiça com o elemento que faz toda diferença no ambiente!

Graças a Deus essa história mudou.  Hoje você pode decorar as paredes da sua casa depois de escolher, combinar, consultar preços….tudo isso online. Para isso você deve juntar o seu gosto pessoal às medidas do local e buscar inspiração nas minhas redes sociais como o  Pinterest e o Instagram . Você também pode visitar sites de artistas e entrar direto no e-commerce do ramo.

Ah e também escrevo uma coluna na revista nomoremag.

Todos os meses ela chega cheia de novidades sobre o mundo sustentável, comportamento, saúde e beleza, cultura e claro minha coluna… Viver Melhor.

Para que não fiquem dúvidas vou responder  perguntas referentes à decoração de paredes.

Devo optar por uma parede cheia de quadros ou um quadro único?

Que tipo de arte comprar? Gravuras? Pinturas? Fotografias?

Que cores escolher?

Como emoldurar…

Então veja a seguir o que você deve levar em consideração antes de escolher sua arte.

 

Como saber qual tipo de arte mais te agrada?

Bom para começo de conversa vale esclarecer que arte não precisa necessariamente estar “prensada” entre vidros e emoldurada. O conceito de arte é bem amplo e pode estar relacionado ao formato de uma escultura, um canvas, uma tapeçaria e até mesmo o trabalho feito por uma criança.

A arte  como tudo que diz respeito a estilo é um assunto subjetivo completamente relacionado ao coração. Se você olhou para uma peça e sentiu uma conexão…. isso é o que realmente importa. Lembre-se que sua coleção exposta é um reflexo da sua personalidade.

Atente-se a paleta cromática do ambiente.

As cores tem uma força emotiva muito grande e definitivamente dão o clima ao ambiente. Se você já vive no espaço onde quer colocar quadros, a primeira coisa a fazer é considerar a paleta cromática. A cor e  tonalidade das suas paredes são importantes, mais ainda se o foco do ambiente estiver nelas. Se você ainda tem dúvida de como combinar cores recomendo um curso perfeito para te ajudar.

Suas paredes são brancas? Então evite quadros com branco, bege, cinza, ou tons pastéis. Faça isso a menos que sua intenção seja manter suas paredes neutras, para que o foco do ambiente vá para um tapete especial por exemplo.Nesse caso use quadros minimalistas em tonalidades bem próximas à da parede.

Quadros com muito branco são excelentes para clarear cores escuras nas paredes pois trazem luz e amenizam o “peso” de um tom escuro.

Sala com parede escura e quadros de cores claras

Fonte: www.target.com

Por exemplo a composição de gravuras usadas na imagem acima ajudam a atenuar a cor marrom da parede. Saiba como decorar com tons neutros e off-white.

A mesma regra vale para paredes pintadas em tons vivos. Quadros claros ajudam a amenizar a vibração da cor.

Proporções e o local de exposição fazem toda a diferença.

Em segundo lugar, logo após a questão das cores você deve considerar o espaço disponível,as  proporções  e o efeito que deseja causar. Tenha em mente as medidas exatas da parede que vai decorar antes de escolher seus quadros. Quadros pequenos parecerão perdidos numa parede grande e peças muito grandes precisam de uma certa distância para serem propriamente admiradas.

Você pode adquirir um quadro grande ou criar uma parede galeria com vários quadros menores. O mais importante é fazer a conexão entre a arte e os móveis e objetos decorativos do seu ambiente.

Por isso você deve decidir o quem vem primeiro. A arte ou o mobiliário? Em outras palavras, o primeiro a ser escolhido (e comprado) dará as pistas para o restante. Note na imagem abaixo, como a  presença da cor vermelho cereja no borrão do quadro inspirou a palheta de cores do restante da sala.

 

 

Sala com parede clara, um quadro único grande atrás de um sofá roxo com almofadas coloridas

Exemplo de parede com quadro único (Fonte: www.vivadecora.com.br)

 

Parede Galeria: o que é?

Com a intenção de personalizar a casa popularizaram-se as composições de 7, 10, ou 15 quadros conhecidas como Parede Galeria.

Com toda certeza a proposta ganhou adeptos devido a sua flexibilidade.

Porque você pode compô-la misturando  seus quadros antigos com quadros recém adquiridos, além de poder misturar relicários, pratos, desenhos de criança, foto de casamento, etc…

Não existe regra no que pode ser exposto por isso é necessário habilidade para criar. Atenção aos materiais, formas e cores porque uma bela parede galeria, apenas parece ter sido criada ao acaso. Ela decora sua parede mas exige muito planejamento.

 O que são Díptcos e Trípdicos

Uma forma interessante de preencher a parede é a escolha de uma conjunto de arte previamente unida pelo artista.
Um par ou trio de gravuras, desenhos ou pinturas chama-se Díptcos e Trípdicos. O conjunto de imagens tem obrigatoriamente o mesmo tipo de moldura.

 

Sala com paredes brancas e vários quadros de tamanhos e artes diferentes

Fonte: www.designmilk.com

 

Sala com 3 quadros na parede com artes florais, e um sofá à frente com almofadas

Tríptico floral com moldura filete em madeira natural. Fonte: Insgrum.com

Outra dica: uma parede com várias fotos em preto e branco é muito elegante, mas um pouco monótona, principalmente se tiver apenas molduras pretas iguais. Já pensou em tentar algo colorido?

Paredes com quadros em molduras coloridas

Fonte: framewalls.com

A solução é tão simples, fazer em preto custaria a mesma coisa e não teria o mínimo de graça.

Em que altura devo pendurar os quadros?

Ah essa é uma pergunta bastante comum porém é difícil encontrar uma medida que sirva para todos os casos. Uma boa regra é guiar-se pela altura dos nossos olhos.

Como regra geral o centro de um quadro deve ficar na altura da nossa visão quando estamos de pé. Isso significa mais ou menos 1,50m/1,60m.

As distâncias recomendadas com relação aos móveis estão sujeitas à altura do pé direito e as medidas do quadro.

Em apartamentos modernos onde o pé direito não passa de 2,50m, costumo manter uma distância de aproximadamente 25cm de altura entre os móveis e os quadros.

Se você quer aprender mais sobre decoração e até construir uma carreira nova visite o meu site ou entre em contato comigo nos endereços abaixo.

Espero que você tenha gostado!

Dúvidas? Você já sabe. É só me procurar por email ou whatsapp.

Silvana@decoracaosemduvida.com.br e  (11) 9 32778899

Abraços,

Silvana Hindi

 

 

Sete Dicas Para Mudar o Look da Sua Sala Gastando Pouco

Sete Dicas Para Mudar o Look da Sua Sala Gastando Pouco

Nossa casa é nosso maior refúgio, o lugar onde podemos descansar e relaxar. Porém a gente sabe que, conforme o tempo vai passando, vamos enjoando dos ambientes sempre iguais e, ao poucos, perdemos o prazer que tínhamos em ficar naquele cômodo. Redecorar o ambiente não está em nosso orçamento, não é mesmo?

Mas e se te contássemos que temos algumas dicas para dar uma repaginada na sua sala de estar e, ainda, gastar pouco? 

Uma decoração focada nas paredes é uma ótima opção para quem quer deixar sua casa com a cara nova, sem comprometer o orçamento.  Confira, nesse post, sete dicas para você remodelar as paredes da sua sala de forma criativa e econômica.

Invista no Color Block

parede em color block

Fonte da imagem: site apartmenttherapy.com

O Color Block é uma tendência que surgiu no mundo da moda e entrou para o universo da decoração. Ele consiste em decorar o ambiente com blocos de cores (como a própria tradução do nome sugere).

Ele substitui a pintura do cômodo todo e aumenta o interesse nas paredes com o acréscimo de formas geométricas ou orgânicas, além de uma variedade de cores.

Color Block é bastante fácil de fazer por conta própria, já que não exige muita habilidade e é uma estratégia super acessível.

 

Decorando de maneira surpreendente, com materiais que já existem na sua casa

paredes decoradas com pranchetas e canaletas

Fonte da Imagem: site goodhousekeeping.com

A exposição de materiais baratos, como cartões, páginas de livros ou artigos que você já tem em sua própria casa podem diferenciar o visual da sua sala.

Se você é um aspirante a fotógrafo, por que não montar um painel com os seus melhores cliques?

Aposte em maneiras diferentes e econômicas para valorizar a sua coleção pessoal, como esse arranjo de pranchetas ou canaletas.

 

Caixas de Madeira são muito tendência!

decorando com caixotes

Fonte da Imagem: Arquivo Pessoal

Estantes feitas com caixotes de madeira dão um toque super legal para a sua sala de estar. E o melhor: elas são extremamente baratas e fáceis de adquirir. Você pode encontrá-las naquelas feiras de rua ou comprá-las a preços bem baratinhos.

Quando for começar a personalizá-las, deixe que a estrutura fique a mostra, pois dá um efeito bem interessante. Se quiser dar um toque especial, lixe e pinte as peças para uma composição diferente e arrojada. Acrescente plantas em vasos pequenos para dar uma leveza na composição.

 

Já pensou em compor sua decoração com painéis?

paredes decoradas com paineis

Fonte da Imagem: site brancopapeldeparede.com.br

Uma boa opção ao papel de parede são os painéis criados para ocupar uma área menor da parede pois tem o custo total mais acessível. Para arrasar na hora de decorar, aposte em painéis feitos por artistas. Eles acrescentam textura e cor para o ambiente.

Além de valorizar sua casa com uma obra de arte, você ainda apoia os artistas locais. Pense nisso! O painel em tons de azul, à esquerda, foi criado pelas artistas paulistas Carlota e Adriana para a Branco Papel de Parede.

 

Use e abuse das cores complementares

decoração com cores complementares

Fonte da Imagem: site habitat.uk

Outra ideia bem bacana é usar uma dupla de cores complementares para sair da mesmice. Isso significa combinar tons que estão em lados opostos, uns aos outros, no círculo cromático, como por exemplo, o azul e o laranja.

O efeito dessa junção revoluciona qualquer ambiente e proporciona vivacidade e energia.

Não sabe como funciona e como encontrar as cores complementares? Se você quiser aprender mais em como ousar para valer como profissional, clique aqui e dê uma olhada no nosso curso sobre cores, vai te ajudar muito!

 

Decorando com molduras de Poliuretano

decoração com poliuretano

Fonte da Imagem: site tuacasa.com.br

Que tal repaginar suas paredes colocando molduras de poliuretano? Esse é um recurso para quem adora arrasar nos detalhes, pois produzem um efeito super elegante. Além disso, podem receber pintura em qualquer momento de sua vida útil.

A grande vantagem que as molduras em poliuretano possuem sobre as tradicionais molduras de gesso é a praticidade de instalação. Elas podem ser aplicadas em qualquer ambiente já decorado e habitado, uma vez que não tem o transtorno do pó e da poeira causada pelo gesso.

 

Aposte na decoração em parceria com a Natureza

decoração com plantas

Fonte da Imagem: site realsimple.com

O verde natural pode ser o charme que você precisava para decorar sua sala sem gastar muito dinheiro. As plantas transformam o ambiente em um espaço mais aconchegante, delicado e bonito. Escolhendo a espécie certa, é possível cultivar exemplares em vasos pela casa toda, seja na sala de estar, na cozinha ou até no banheiro.

Que tal criar suportes alternativos para usar e abusar de pequenos vasos de plantas na sua parede? Utilize espécies diferentes para compor a decoração com requinte e sofisticação, seja em vasos ou jardins verticais. 

Se sua sala for pequena, tome cuidado para não sobrecarregar o ambiente com plantas que ocupem muito espaço. Uma opção interessante é utilizar os cantos dos ambientes com um vaso pendurado no teto com samambaias ou jibóias.

Temos certeza que, depois dessas dicas, você vai sentir vontade de decorar sua sala agora mesmo! Você costuma redecorar os ambientes da sua casa? Tem alguma dica pra compartilhar com a gente? Escreve aqui nos comentários!

E não se esqueça de curtir a nossa página do Facebook para ficar por dentro de nossas novidades e mais dicas como essas!

Sala Pequena: quais cores funcionam melhor?

Sala Pequena: quais cores funcionam melhor?

Em dúvida sobre decoração de sala pequena? Aproveite essas sete dicas e sugestões e use as cores ao seu favor para que seu ambiente tenha personalidade!

Os espaços das casas estão cada vez mais reduzidos, principalmente em apartamentos novos. Surge assim o desafio de pensar em ambientes que sejam charmosos, mas também funcionais e completos.

A sala de estar é um dos cômodos que merece uma atenção especial, já que é ali o cartão de visitas da sua casa, onde você vai receber seus amigos e familiares. Ela deve refletir a personalidade dos que vivem naquela casa.

As cores são aliadas na decoração de ambientes pequenos. Alguns designers acreditam que só se deve usar cores claras em espaços pequenos, mas isso não é um consenso. O fato é que cores claras aumentam a sensação de espaço, mas o importante hoje é dar personalidade ao espaço, por isso ficou comum ver o uso de azul carbono, fúcsia, caramelo, verde exército, entre outras cores saturadas em salas pequenas. Use as cores ao seu favor!

Pensando nessa dificuldade de criar uma paleta de cores ideal, nós da Decoração Sem Dúvida criamos um curso online de cores. Mas vamos conferir por aqui, também, sete dicas que separamos para que você deixe sua sala de estar estilosa e cheia de charme, com as tendências de cores para 2019*.

(mais…)

Cores para as paredes da sala

Cores para as paredes da sala

,,Conheça como usar cores saturadas e perca o medo

Vou começar por aquilo que ninguém fala. Cores saturadas.

Muito se escreve sobre os neutros.  Isso aumenta seu uso, e com esse aumento, escrevem mais ainda, criando um círculo vicioso. Ninguem quer ficar impopular, deixando de comentar o que já é um sucesso. Afinal quanto mais vemos uma coisa, seja ela boa ou ruim, mais nos acostumamos e deixamos de questionar.

A pintura de uma parede não é um bicho de sete cabeças. Você deve experimentar. Qual o problema se não gostar? Mudar a cor? O gasto não é muito alto, e a experiência pode ser reveladora.

Preto, Branco e Cinza não são cores, são ausência de cor.

E os neutros derivam de cores saturadas. Tanto cinza que se acrescenta numa cor  pura, que ela vira um neutro. Mas isso é assunto para outro post, onde vou mostrar as cores perdendo a saturação.

Aqui quero mostrar ângulos de 5 ambientes onde foram usadas cores vibrantes.

Preparei a referência que identifiquei na cor, usando uma palheta das tintas Coral, portanto o nome da cor que está escrito em cada imagem, pode ser encontrado nos revendedores da Coral.

Eu gosto de repetir uma coisa, quando falo de ambientes com cores muito saturadas. Experimente acalmar a intensidade com quadros brancos, cúpulas de abajur, sofás claros, cortinas. São muitos os recursos para atenuar a saturação, para evitar que ela nos incomode. Considere usar uma cor saturada que você gosta. Uma cor que você compraria uma camiseta. Antes de pensar  : “Deus me livre essa cor na parede” , brinque com as maneiras de diminuir o impacto.

 

Fonte: Arquivo próprio

 

Das cinco imagens que preparei, essa é a mais amena. Azul é a cor que mais agrada as pessoas, no mundo todo. Por isso acredito, não ser difícil convencer alguém a usar um azul esverdeado como esse, na sua sala, ou no seu quarto.

Azul faz parte da família das cores frias, ao lado do verde e do roxo, e as cores frias são conhecidas por acalmar os ânimos. Portanto desde que você evite o azul na área de refeições, ele vai bem em qualquer lugar.

Fonte: Arquivo próprio

 

Verde esmeralda, ou bandeira, no caso da nossa bandeira. Ele está bastante saturado e nem por isso percebemos como uma cor chocante. No exemplo acima a cabeceira da cama ocupa 1/3 da altura da parede. Vemos as cortinas no cantinho que são num tom cru, bem como a colcha. Dois quadros brancos nas laterais, tudo isso atenuou o impacto desse verde lindíssimo. E sempre vai haver o que atenue, pois não vivemos num cômodo feito só de paredes.

Fonte: Arquivo próprio

É bem verdade que nessa imagem vemos apenas o cantinho de um cômodo, mas para o que eu quero mostrar já é o bastante. Essa cor tem o nome oriundo de uma flor, chama-se fucsia. É derivada do Magenta e foi usado repetidamente nos anos 1970, combinado com laranja. Tal combinação era considerada explosiva; diferente de combinar fuscia com turquesa e verde.

Lembra-se que falei que eram cores da família das cores frias? Somada a um piso e tapetes brancos, parede adjacente branca, muito da saturação perde a força.

Portanto a coisa funciona mais ou menos assim: importa mais o que está em volta de uma cor vibrante, do que ela propriamente dita.

 

Fonte: Arquivo próprio

 

Na sala de jantar acima noto uma textura nas paredes, acredito que esteja revestida com tecido. Esse exemplo foi escolhido para mostrar que uma cor com bastante saturação, pode e deve, ser usada junto a ela própria, porém desaturada. Um canto como esse, destacado com outra cor, vira um nicho com função específica, no caso sala de jantar. Existe absoluta harmonia cromática nessa sala, note as cadeiras, elas também são amarelas, bem pouco saturadas.

Fonte: casaclaudia.com.br

Tinha que ficar por último, o temido vermelho, nesse caso um pouco alaranjado. Mais uma vez destaco a harmonia apesar da vibração, tudo funciona, dos estofados brancos  ao tapete nos tons da parede.

Espero que você comece a considerar uma pintura mais ousada na sua casa, no seu escritório, loja, etc. Quanto mais aprendemos sobre as cores, mais ganhamos confiança. Continua aqui com a gente, que vamos falar muito desse assunto.

 

Iniciar Conversa
1
Tem Dúvidas Sobre os Cursos?
Oi! como posso te ajudar hoje?