Passo a Passo –  Como preparar sua casa para a Primavera

Passo a Passo – Como preparar sua casa para a Primavera

Nunca foi tão fácil renovar os ares!

Geralmente eu vou a um chácara de plantas uma vez por mês.

Quem gosta de decoração sabe a felicidade que fica quando compra uma planta, uma almofada, uma vela. Três semanas atrás fui ao Garden Center da Av. Bandeirantes aqui em São Paulo, e pela primeira vez em anos esperei mais de 20 minutos para estacionar.

Ao contrário de reclamar, fiquei feliz, pois isso indica que as pessoas estão interessadas em arrumar seus jardins, suas varandas. Cada um saia mais carregado que o outro, e foi ai que me dei conta que era dia 24 de Setembro. A primavera havia começado a 3 dias.

Não sei se foi coincidência, ou as pessoas  realmente dão importância a essas datas. Para mim, e acho que para você também, tudo é motivo para mudar alguma coisa dentro de casa.

Pensando nisso, preparei esse post. Quero mostrar como as coisas acontecem encadeadas e você consegue um novo look para uma nova estação.

Passo 01- Escolher uma peça colorida e distribuir suas cores pelo ambiente.

 

 

 

Você está vendo a almofada florida, linda não é? Ela trouxe a palheta de cores que eu precisava. Verde e Rosa ? Não, a almofada é uma referência mais abrangente do que isso!

Quando tirar a palheta de um tecido, de um quadro ou um tapete, seja bem específica (o), anote todas as cores e tonalidades que está vendo. Elas servirão para  orientar você quanto as cores das outras peças que terá que comprar.

No caso desta almofada, temos Beges, Roxo, Rosa, Fuscia, Verdes ( oliva, pistache, esmeralda), Amarelo Esverdeado e Marrom.

 Passo 02- Acrescentar outras peças decorativas nas cores presentes na peça referência.

A partir dai ficou fácil decidir a cor de outros dois elementos, o puff e o xale. É bom que combinem perfeitamente porque fazem parte da mesmo contexto da almofada, o sofá.

Na imagem acima acrescentei um vaso de cerâmica vietnamita, com uma textura irresistível. Sua cor tem um fundo laranja, o que o torna uma peça forte. E esse Ficus lira, hein? Tem 1,80m de altura, é uma planta escultural, uma das mais bonitas que existe. Suas folhas são grandes, alternas, brilhantes, com nervuras bem marcadas. É a tendência atual para plantas dentro de casa. Vive bem a meia sombra e tem um grande poder de absorver a poluição sonora.

 Passo 03- Escolher um elemento bem grande para colocar a cor principal.

 

Não existe poder de mudança maior do que uma parede pintada numa cor interessante. Inusitada.

Procure brincar com um leque de cores ( aqueles grossos que tem nas lojas de tinta), aproximando ele da sua peça inspiradora. Certamente aqui, no caso dessa almofada, com rosas e lilases,  eu poderia ter optado por pintar as parede de bege, de verde pistache ou mesmo de  lilás.

 

Porque escolhi o Fuscia:

Assumindo que os móveis estofados da maioria das casas é bege, para criar um ambiente de impacto, precisei usar uma cor bem saturada nas paredes. E se você está pensando que jamais o fará, porque é muito forte e escura…. Veja a próxima imagem.

 

Viu? Não importa se escolhe até mesmo  preto pra por na parede. A cor acaba sendo uma moldura para os quadros, os ornamentos que você vai expor. E mesmo gostando de uma cor escura, se sua sensação é de desconforto com a intensidade, pense sempre que pode clarea-la através da decoração. Não fique restrita(o) aos neutros por medo.

Espero ter te provocado a sair atrás de mudanças!

Boa sorte!

Referências:

1 Capa de Almofada : 43cmX43cm R$ 41,90 cinerama.com.br

2 manta acrílica:   R$ 56,90       www.cinerama.com.br

3 puff de crochet:   R$ 398,00     www.cinerama.com.br

4 Ficus lira – 1,80m de altura R$ 707,90     www.leroymerlin.com.br

5 Vaso Vietmanita Amarelo Extra Grande – Diâmetro 41 cm R$ 299,00 www.leroymerlin.com.br

6.Poltrona Bege – R$ 1.709,15 www.oppa.com.br

7.Cor: Fuscia Real – Tintas Coral

8.Quadro emoldurado 62,5cmX47,5cm R$ 329,00 www.urbanarts.com.br

9 Fotografia emoldurada 49cmX34cm R$ 135,70 www.onlinearts.com.br

10.Fotografia emoldurada 49cmX34cm R$ 137,11 www.onlinearts.com.br

11.Quadro emoldurado 40cmx30cm R$ 189,90 www.moldurapop.com.br

 

 

 

 

 

Como decorar varandas pequenas com plantas

Como decorar varandas pequenas com plantas

Entenda o que fazer para deixar sua varanda mais bonita usando muitas plantas.

O mundo é verde!

Imaginemos a cena a seguir: Você está na sua sala assistindo TV, num fim de tarde agradável.Lá fora o sol está se pondo, e você vai para a varanda tomar um ar…. Nesse momento, você tem que sentir a diferença, tem que ser prazeroso.

Mudou a vista, o horizonte está longe, mudou a temperatura, o cheiro, as cores. Mudaram as formas que você está enxergando. Que delícia! Tudo isso envolto em verde. Na sua varanda, você precisa ter aquilo que não tem dentro de casa….plantas, muitas plantas. Um jardim vertical, que não ocupa espaço, arrumadas numa estante, numa treliça.

Vamos fazer um planejamento rápido para encher esse espaço de verde. Não vou abordar a questão da adequação das planta ao local. Deixo isso para os experts, os paisagistas.

Vamos pensar juntos sobre a quantidade de vasos e sua colocação para enfeitar, e não atrapalhar a circulação, num lugar com espaço restrito.

Observe na sua  pequena varanda, se você tem:

( as medidas são sugestões)

Uma parede livre para colocar um suporte para jardim vertical( 0,70cm X 1.20m)

e/ou

Uma área ( 0,80cm X0,80cm) livre de circulação para agrupar 3 vasos de diferentes tamanhos.

e/ou

Local protegido do vento para pendurar vasos no teto.

Não planeje enfeitar bancadas e mesas com vasos. Você terá que remove-los constantemente.

 

 

não-feche-uma-varanda-que-foi-projetada-para-ser-aberta

Aproveitar o espaço numa varanda pequena significa ocupar suas paredes. Fonte: Casa e Jardim

 

 

Numa varanda pequena podemos acrescentar elementos que remetem a jardim de uma maneira original. Se você não tem espaço para um canto com pedras. encha um belo recipiente de vidro com uma variedade de pedras.

A menos que você vá colocar plantas naturais sobre a parede, pode forra-la de papel com padrão de madeira ou tijolos.

Falando em plantas naturais e não naturais, veja esse arranjo abaixo.

 

 

plantas na parede

Composição de plantas artificiais para montar uma parede verde. Fonte: readyleaf.com.nz

 

 

Esse arranjo não foi feito por uma empresa brasileira. É possível reproduzi-lo comprando as plantas  separadamente. Em São Paulo capital existe uma grande  variedade à venda na Av. Vaultier, no bairro do Pari.

 

 

varanda com plantas na parede

Decks de madeira forram as paredes dessas varandas pequenas. Fonte: Pinterest

 

Dica Importante : Misture plantas naturais e artificiais na sua varanda.

Você quer me perguntar por que fazer isso. Não é?

Por causa da hora da rega. Nos espaços pequenos os móveis e objetos  ficam muito próximos. Na imagem acima, os almofadões da direita estão apoiados na parede. Na hora da rega, toda água excedente vai cair sobre o futon. Os vasos estando distantes, será necessário usar o regador com extensão.  Mais difícil ainda, para saber quando parar de aguar.

Sua varanda vai ficar o máximo se você escolher 2 posições para as plantas, dentre as que sugeri no início deste post. Planeje antes de comprar, para evitar o “Look” “acabei de chegar da feira com os vasos”. Evite vasos muito pequenos. como os das violetas. A menos que queira usar 6,8,10 juntos. Issa vale também para as suculentas. Agrupe tudo que é pequeno numa bandeja, caixa, mesa…

Se sua ideia é agrupar alguns vasos num canto, não se preocupe em misturar os modelos. Una-os pela cor. Em qualquer agrupamento vale a seguinte regra: 1/3 de cor viva  e 2/3 de cores consideradas “neutras” Aprenda tudo sobre como escolher as cores para sua casa no nosso curso “Decore Sua Casa como um Profissional”

 

Como incorporar plantas artificias às suas plantas naturais.

Nunca, em hipótese alguma, monte um jardim vertical somente com as artificias.

As plantas de plástico ( feio né?) servem para preencher vasos mais escondidos, ou vasos altos, com rega difícil. Servem também para encher plantas que estão em perdendo folhas por causa da estação. Quantas vezes já vi Designers, aproveitarem o vaso com a raiz e folha de uma orquídea, e espetarem uma flor artificial nele. Você sabe, não é, que flores artificias são feitas de tecido, e ficam muito parecidas com as verdadeiras.

 

 

 

treliças-que-de-um-lado-recebem-as-plantas-e-do-outro-ficam-presas-as-paredes

Placas de era para montar uma parede verde Fonte: foto pessoal

 

 

A treliça da imagem também está disponível no bairro do Pari em São Paulo. Os raminhos são colocados de um lado das placas e do outro, fixa-se a parede. Sugestão: Deixe plantas ( naturais) com folhas maiores cairem por cima dessa erinha.Use este exemplo, apenas para cobrir a parede, evitando assim que apareça seu acabamento.

 

Iluminação na Varanda

Não esqueça de um ponto muito importante…. a iluminação na varanda, assim como em outros locais, é imprescindível ! Geralmente, fazemos da varanda um ambiente de socialização na residência, portanto, o ideal é investir num local com pontos de luz precisos.

Aposte em fita de LED para os nichos, jardins suspensos e canteiros, já que ela dará uma luz indireta e sofisticada. Utilize também balizadores LED se quiser criar um efeito up light, técnica onde se ilumina plantas de baixo para cima ( normalmente com a colocação de luminárias embutidas no solo)

Sempre que possível, contrate um profissional para realizar um belo projeto de iluminação. Ou se preferir, pode adquirir as referências e produtos certos, facilitando na hora de pôr a mão na massa.

 

 As famosas suculentas, tão fácil de cuidar

Se você não quer ter trabalho com sua varanda, faça um jardim com vários tipos e alturas de cactos. Eles são famosos por durarem muito… cerca de 200 anos!  O único cuidado é para não afoga-lo em muita água. Ele precisa de pouquíssima rega, Aquilo que você pensa que é pouco, multiplica por 3.

Monte um jardim com 2/3 de suculentas e 1/3 de plantas naturais “pendentes” porque como os cactos são de visual duro, carecem de umas curvas sinuosas por perto.

 

 

Mistura de várias espécies de cactos. Fonte: apartmenttherapy

 

Decoração de quarto romântico

Decoração de quarto romântico

Entenda quais são os componentes de um quarto romântico

As  primeiras imagens  que nos vem a cabeça quando pensamos em decoração romântica são cores pastéis e flores.

Apesar de  meio clichê, essa dupla não tem erro. É usada para decorar quartos de meninas desde o século XIX, quando tornou-se comum na França e Inglaterra o uso do papel de parede.

Os componentes de um quarto romântico continuam vindo desses dois países.

O mobiliário é de inspiração francesa,do campo, da época dos Luises  e  os tecidos e melhores papeis de parede ainda tem assinatura inglesa.

Na França do séc XVII, o estilo dominante era o barroco, mas os móveis que aqui nos referimos  não tem o exagero de detalhes e de dorado caracteristicos do barroco .

Ao contrário, aqui falamos do uso de madeira desgastada, pintura patinada, ferro envelhecido e um pouco de detalhes rococó,entalhado na madeira das camas mais especiais.

Sim, o estilo romântico é ótimo para  decorar quartos de menina ,mas pode também inspirar quartos de bebê, de criança, adolescente, adultos  solteiros  e casais.  Ele  não é uma exclusividade feminina.  (Aguardem o post que mostrará quarto românticos masculinos!)

Então, pondo a mão na massa, como  um  designer de interiores compõe essa decoração?

Através do uso adequado de vários elementos, dentre eles:

cores,

texturas,

iluminação,

formas,

acabamentos,

aromas,

padrões.

E como funciona esse processo?

O processo é composto de tres fases: Pesquisa, Pré-Projeto e  Projeto

Quando crio ambientes com inspiração num determinado estilo, vejo exemplos  óbvios desse estilo.

E na hora de projetar vou excluindo alguns e substituindo outros elementos, de acordo com a minha criatividade, sempre  obedecendo o gosto e as necessidades do cliente.

Veja o passo a passo da Pesquisa no exemplo da foto abaixo que é 100% romântico, sem dúvida.

quarto-cem-por-cento-romântico

Fonte:mcrlife.com

 

Passo 1:Listar os elementos do ambiente, separando o que é estrutural,do mobiliário e acessórios. Anotar as características como cor, material, forma, estilo.

1.Estrutura:

Paredes e Teto offwhite ( tinta no tom branco sujo) com rodateto e molduras,

Piso com tapete claro peludo

Janelas adornadas com cortinas em voil até o chão

Cores pastéis

2.Mobiliário:

Cama marquesa e cômoda em madeira branca (acabamento envelhecido) no estilo  campo francês

Poltrona estofada, estilo Luis XV, com almofada tipo rolo.

Mesa redonda em ferro envelhecido

3.Acessórios:

Lustre de cristal

Espelho de parede retangular com topo arredondado e acabamento dourado

Mosqueteiro em tule

Coroa dourada (dossel)

Roupa de cama em tecidos coordenados com babados

Quadros de flores

Vasos com flores

Pronto, acabamos de listar  os ‘’íngredientes’’  para conhecer de que é composto  um ambiente 100%  romântico

Passo 2 .  Separar o que é genérico ( vaso de flor, cortina comprida de voil… ) do que é caracteristico do estilo.

Rodateto e molduras

Madeira branca com acabamento envelhecido, desgastado.

Estilo Luis XV

Ferro envelhecido ou não

Cristal

Dossel + Tule

Acabamento dourado

Passo 3 Comprovar em diferentes ambientes românticos que incluir  2 ou 3 elementos característicos  do estilo é essencial para dar o clima.  Desse momento em diante, inicia-se a fase do Pré-Projeto

quarto-com-diferentes-cores

         Fontes: contryhome.com, hgtv.com

 

As fotos acima mostram uma pequena parte dos quartos, mas é o suficiente,  O uso dos elementos destacados nas fotos garantiu o clima romântico, e a partir dai os demais móveis e acessórios podem ser escolhidos livremente.

Lembrem-se é sempre preferível um ambiente  60%, 70% fiel ao estilo, àquele ambiente que, de tão certinho, parece um cenário.

Importante: um dos mais poderosos elementos de decoração para marcar um estilo é o papel de parede. As estampas têm um significado que já mora em nossas mente; quando vemos flores, pensamos em jardim, que é sempre um lugar romântico.

Na hora de escolher não se esqueça de considerar os padrões com pássaros, gaiolas, folhagem, mandalas, coroas, borboletas, selos, quadros, gatos, plumas…e toile de jouy( cenas pastoris) todos com conotação romântica.

papel-de-parede-para-quarto-de-casal

Fonte: Superiores: bucalo.com.br Inferiores :wallpaperoftheseventies.com

 

Normalmente um papel de parede consegue sozinho caracacterizar o quarto apesar do uso de móveis contemporâneos, paredes sem detalhes, iluminação embutida, ausência de dossel….

Passo 4

Pré Projeto-   Nessa etapa usamos o conhecimento adquirido na pesquisa para  escolher  quais elementos caraterísticos do estilo serão usados neste projeto, levando em conta o gosto e necessidade do cliente, as dimensões do espaço, o layout possível e o orçamento.

Parece pouca coisa para considerar mas não é.

Levar em conta o gosto e a necessidades do cliente significa conhecer e adequar:

Seu orçamento

Peças de sua propriedade que deseja usar

Alterações possíveis nas peças

O uso que fará do espaço (dormir, estudar, reunir amigos, ver TV….)

As suas preferência por cores, materiais, estampas.

A iluminação que atenderá as funções do espaço.

dois-tons-de-cinza-usados-são-característicos-dos-móveis-franceses

Os dois tons de cinza usados são característicos dos móveis franceses. A gaveta e o tampo claros fizeram toda a diferença, além do puxador que foi     transformado em dourado através de tinta spray. Fonte: fortheloveofpaint.com

 

Passo 5  – O Projeto em outro post !

 

Como decorar quarto de casal

Como decorar quarto de casal

Conheça algumas dicas de como deixar o quarto de casal melhor decorado

A primeira coisa que eu gostaria de esclarecer é:

Decorar é uma coisa, projetar é outra.

Decorar é, sobretudo, ornamentar.  E para isso usamos inspiração romântica, moderna, bohemia entre tantas opções.

Projetar é distribuir os móveis da maneira que mais atende o cliente no seu dia a dia, seja em casa ou no trabalho. É calcular a quantidade de luz necessária, o nível de ruído suportável, etc  ….

Todo ambiente tem seus pré-requisitos. No caso de um dormitório de casal  deve existir a preocupação com o princípio da simetria. O resultado de sua composição deve ser equilibrado, não apresentando diferenças visuais entre as metades.

Suponha que você divida o quarto ao meio com uma linha imaginária. Simetria é quando os dois lados do todo apresentam os mesmos elementos.

Exemplo:  Mesas de cabeceiras colocadas nos  dois lados da cama ( não precisam ser idênticas)  luminárias sobre as duas mesas, equilibrío no uso de quadros ou outras ornamentaçoes, contemplando os dois lados.

no-quarto-é-preciso-preocupação-com-o-projeto

Fonte: freshome.com

 

Num quarto de casal, considero excelente que exista a preocupação  da igualdade desde o projeto. Ela será importante para tudo que vem depois.

Normalmente os casais optam por colocar TV no quarto, então é uma boa idéia inserir o aparelho num móvel que tenha outras funções também.

Tudo dependerá da metragem do cômodo, mas pode-se adaptar a TV a uma cômoda, sapateira, escrivaninha…

Algumas vezes a questão dos armários é resolvida ainda durante a obra. Uma empresa especializada em móveis modulares vai aconselhar  você a optar por portas de correr.

Aceite, vai custar mais caro, mas vai compensar muito.

Se sua casa não é nova e você precisa fazer uma ginástica para abrir, passar, fechar as portas, considere retirar as portas da parte do armário que você mexe todos os dias por exemplo.

E decorá-la com um belo tecido!

decore-as-portas-do-armário-com-tecido

Fonte:renotalk.com

 

Iluminação

Muito do que estamos conversando depende da metragem do quarto.

De maneira geral os apartamentos novos com área total  até 120m2 dedicam entre 9 a 12m2 para o dormitório principal, sem contar a metragem do banheiro que compõe a suite.

Sabemos que prédios ou casas mais antigos trabalham com medidas acima de 12m2.

Em se tratando do primeiro ou o segundo caso, o cálculo da iluminação vinda do teto será necessário.

Existem fórmulas complexas porém para um ambiente pequeno você pode confiar no resultado da fórmula abaixo:

Area X 15 = watts necessarios para iuminação básica.

Considerando que o seu dormitório tenha 9m2

9X15= 135 watts.

No nosso exemplo de quarto, os 135 watts serão colocados  em lâmpadas na luminária do teto, aquela que se acende da entrada . Minha recomendação é que você não dependa apenas da luz do teto, ela é geral, ruim para a leitura, e nada romântica.

Um quarto de casal não pode prescindir de arandelas ou abajures ao lado da cama, e de preferência um que tenha dimmer.

Dê uma de eletricista, e troque o interruptor original por um dimmer.

troque-o-interruptor-original-por-um-dimmer

Fonte:arquidicas.com.br

 

Trata-se um um dispositivo que regula a intensidade da luz. Você vai escolher entre uma luz suave, e algumas gradações de penumbra. Essa luz agradável facilita cair no sono.

Ela dá conforto visual.

É possível comprar o interruptor separado e trocar o do seu abajur. Mas atenção não são todos os dimmers que aceitam lâmpadas LED. Por isso cheque na loja antes de comprar.

Cortinas

As cortinas de tecido que vão do teto até o chão sempre são as mais bonitas, as que ‘vestem’ melhor as paredes. Mas seu volume é um inconveniente.

Devido o tamanho reduzido dos cômodos, as cortinas de tecido ficam muito próximas das camas.

É impossível que ela nao retenha pó,  pelos de animais, até mofo, e isso vai afetar a qualidade do ar que vôce respira.

Por isso recomendo escolher persianas horizontais ou rolô. São tipos de cortinas que fazem o recolhimento para cima, em direção ao teto.

persiana-romana-ocupa-pouco-espaço

Persiana romana ocupa pouco espaço. Fonte: Pinterest

 

Esse post poderia ser enorme, cheio de idéias de decoração para você se inspirar. Mas penso ser mais útil passar um pouco da experiência que acumulei fazendo alguns quartos de casais.

Contando uma História…

As experiências que mais ensinam são aquelas que em que sou chamada para “descobrir” o que há de errado no ambiente….

É comum esse tipo de consultoria e no caso de dormitórios isso acontece quando um dos conjuges reclama que não se sente a vontade.

Veja o que aconteceu nessa entrevista:  O quarto tinha acabado de ser redecorado para que o espaço se tornasse um cantinho para onde fugir e relaxar, recarregar as baterias.

Essas foram as informações que a cliente me passou antes de me conduzir ao quarto.

Vou descrever o que vi quando entrei:

Começando pelas paredes, a maior área, essas eram cobertas com papel de parede bege e bordô, com estampa geométrica miúda.

A cabeceira da cama, forrada em tecido, era ladeada por duas mesas de cabeceira, laqueadas em dourado. Sobre elas havia  “bowls”( tigelinhas) de potpourri ( pétalas secas perfumadas), que exalavam um perfume muito doce. (a técnica da  laqueação produz uma acabamento brilhante).

O tapete, bege clarinho e super peludo, tinha uns 40mm de altura.  (Normalmente usa-se tapetes de 7mm).

Finalmente a cortina compunha-se forro e chale. O forro feito em  tecido blecaute para manter o quarto sempre na penumbra, e o chale em seda.

Quando sentamos na sala, a cliente me relatou o que imaginou antes de criar e executar essa decoração:

“Queria fazer um ambiente totalmente diferente do resto da casa, acolhedor ao máximo, por isso escolhi tapete peludo, e pensei muito nos aromas, como são importantes! As cortinas são elegantes, mas práticas também, pois tudo fica escuro quando necessário,e o blecaute protege os móveis e tapete dos raios de sol. Laqueei mesas de cabeceiras antigas pensando em reutilizar móveis que já possuia,e acho que elas combinam com o clima romântico do quarto”

E concluiu:

“Não consigo entender por que meu marido diz que não consegue relaxar no quarto novo”.

Depois de ouvi-la percebi que havia muita coerência no que dizia, não tinha dúvidas que ela atingiu seus objetivos na decoração.

Mas em se tratando de quarto de casal….. é necessário satisfazer os dois, não apenas um.

quarto-com-parede-vermelha

O casal precisa combinar 100% para viver num quarto com paredes vermelhas. Fonte wenda.com

 

Em 2013, o Depto de Marketing do College of  Business de Mississippi, Estados Unidos,  realizou uma pesquisa entitulada;  A “atitude do consumidor e o comportamento de compra de móveis para o lar.’

Do universo de pessoas que tinham um companheiro (a), 71.6%  disse consultar seu par na hora de comprar um móvel. E mais importante ainda, 67.8% responderam que seu companheiro (a) tem um papel ativo nessa compra.(acompanha até o local, ou assiste a compra na internet).

31% dos entrevistados informaram que levam seus filhos às lojas para escolherem  moveis juntos.

Quando questionados sobre ‘Ó que o mobiliário da sua casa significa para você?’’um total de 72%, entre homens e mulheres respondeu que a mobília de sua casa expressa a sua personalidade.

Outras questões da pesquisa buscavam respostas relacionadas à venda de móveis pela internet.

Das conclusões gerais, a que mais surpreendeu  a esquipe de marketing foi a alta  participacão do cônjuge  masculino na decisão de compra.

Por que contei essa história e acrescentei os dados da pesquisa?

Para enfatizar que,  a menos que uma pessoa more absolutamente sozinho(a), ela tem que levar em consideração a personalidade do outro, com quem divide o espaço. E não apenas no quarto dividido, mas em todos os ambientes da casa.

Voltando a casa da minha cliente,pedi para conhecer a visão do marido.

De cara ele se mostrou  uma pessoa mais reservada, e logo percebi onde estava o problema.

A decoração estava muito intensa para ele. Nascido nascido no campo, tinha  referências  de casa que passavam longe da cor dourado.

A luz numa fazenda é natural, nāo lhe parecia certo manter o ambiente na penumbra.

Pintamos as paredes num tom de cinza quente e escolhemos,a seis mãos as gravuras.

Cobrimos as mesinhas de cabeceira com tecido e trocamos as cortinas por persiana. Mantivemos o tapete e diminuimos a quantidade de potpouri.

Dessa forma a paz voltou a reinar.

Como decorar quarto de bebê

Como decorar quarto de bebê

Como fazer a melhor decoração do quarto pensando nos detalhes

iluminação-no-quarto-do-bebê

ILUMINAÇÃO

Se você leu a parte 1 desse artigo, ótimo já tem as orientações para fazer uma boa escolha quanto às cores, as imagens e os móveis que vão ser usados no quarto do seu  bebê.

Se não leu, leia.

Preferi  escrever sobre  a iluminação, o tapete e a cortina, separadamente, porque não vou falar apenas sobre o aspecto estético desses elementos.

Dos 3 assuntos  mencionados acima o que merece a primeira atenção é a iluminação.

Não se trata apenas de escolher o lustre, sua cor, estilo ou material. Trata-se de descobrir a quantidade de luz que o quarto do seu bebê precisa.

Acho uma excelente ideia simplificar o assunto, instalando um dimmer no interruptor. Porque você só vai descobrir o que deixa seu bebê confortável depois que ele nascer e o quarto estiver pronto.

dimmer-com-controle-remoto

Dimmer com controle remoto. Fonte : aliexpress.com

 

Mas o que é isso?

Dimmers são dispositivos que permitem controlar a intensidade e o brilho da lâmpada a ser utilizada. Por exemplo, vamos supor que o cômodo em questão tenha 9m2  ( nove metros quadrados). Ou seja, 3m de largura x 3m de comprimento.

Utilizaremos essas medidas para calcular quantos lúmens serão necessários para uma boa iluminação. Onde o número 9 é a área quadrada  do cômodo e o número 150  apenas um multiplicador da fórmula:

9m2 X 150 = 1215 lúmens

Portanto para uma boa iluminação geral, são necessárias lâmpadas que resultem num total de 1215 lúmens . Essa informação está disponível na embalagem das lâmpadas LED.

Mas na hora de dar de mamar ou adormecer seu bebê, você não quer um quarto claro, não é?

É ai que entra o dimmer. Quando estiver instalado, você vai acender e apagar a luz por ele, e entre um extremo e outro, existem várias graduações de luminosidade.  

Este pequeno dispositivo vai permitir que você tenha muita flexibilidade. Os bebês ficam irritadiços e ansiosos com muita claridade. A penumbra é útil para conduzir seu filhinho ao sono, preferível à escuridão total, que causa transtorno cada vez que alguém tem que entrar no quarto.

Sem falar que uma iluminação suave garante a todos que acordam durante a noite,  um bom regresso ao sono.

CORTINA

Resolvido a questão da iluminação, vamos escolher  as cortinas.

Regra número 1, quanto menos tecido no quarto melhor, pois tecido demais junta poeira.

Logo fica descartada a cortina com chale que vem até o chão. Ela é bastante decorativa, porém nada prática ou segura num quarto de bebê.

Para usar tecido, deve-se escolher somente aquele que pode ser lavado constantemente. Um linho pré encolhido por exemplo.

Excluindo as cortinas tradicionais, temos:

1.Persianas horizontais de alumínio ou madeira.

2.Rolôs

3.Painéis

quarto-de-menina-com-rolô-hunter-douglas

Quarto de menina com rolô Hunter Douglas. Fonte: hunterdouglas.com

 

Na minha opinião deve-se escolher o  rolô pois as persianas horizontais são mais caras e existem rolôs baratinhos que podem ser customizados. Veja abaixo que idéia bacana.

Você compra a cortina rolô num Home Center como a Leroy Merlin, por exemplo, escolhe um tecido bem bacana ( listas ou xadrez são boas opções) e cola por cima.

Para customizar use a cola para tecido da acrilex, SUPERCOLA PANO.

persianas-customizadas

Fonte www.thediymommy.com

 

TAPETE

Escolher o tapete ideal para o quarto do bebê fica mais fácil se observarmos que a hora certa da compra só ocorre depois de:

  1. No caso de um quarto de bebê, trate o tapete como um acessório decorativo.
  2. Antes dele, escolha como ornamentar as paredes.
  3. Escolha também o tipo e a cor da cortina
  4. Lembre-se da cadeira de amamentar.
  5. Quando  os 3 itens acima estiverem decididos, você saberá se ficou faltando cor, ou já tem demais e se ficou faltando estampa, ou tem demais.
  6. Do que você concluir ,dependerá escolher a “cara”do tapete.

O  tamanho certo:

  1. Se o piso por baixo do tapete for duro ( madeira, porcelanato, cerâmica) compre um tapete que acomode os pés dos móveis grandes.
  2. Se estiver usando carpete ou piso vinílico, e quiser marcar uma pequena área central com um tapete, a medida deve ser menor.

 

Cores e Estampas:

1. Procure não deixar que o tapete se destaque muito do piso. Isso diminui a sensação de tamanho do quarto. Como ele estará mais vísivel do que o piso, as bordas dele ‘demarcarão o tamanho do cômodo.

2. Caso você tenha usado um tecido estampado na poltrona evite usar outra estampa no tapete. Em tempo, listras são aceitáveis.

quarto-de-bebê-que-optou-por-paredes-neutras-ornamemtadas

Quarto de bebê que optou por paredes neutras ornamemtadas com uma composicão de quadros que determinou quais seriam as cores do quarto: Azul, verde e amarelo. Com boas doses de branco, essas cores entraram na cortina, banqueta, tapete, gravuras e protetor de berço. Essa leveza que o branco deu, permiti que se adicionasse uma peça de peso, como uma poltrona azul marinho Fonte:jandjdesigngroup.com

 

Quanto ao material: Sintético ou Orgânico? Lavável em casa? Impermeável? Inflamável? De maneira geral essas são as características:

1.Algodão (  produto natural, macio, fácil de limpar, mantem o ambiente fresco)

2.Lã ( resistente ao fogo, repele a água, aquecem o ambiente e  duram 50 anos)

3.Nylon, Poliester, Acrílico ,Polipropileno ( mais baratos e inflamáveis, desbotam, resistentes a água) 
O quarto está pronto, só tá faltando a melhor parte : a chegada do morador ou moradora!!

Sete passos para decorar um quarto de bebê

Sete passos para decorar um quarto de bebê

Confira todos os detalhes de como fazer a melhor decoração para o quarto do seu filho

Se você está lendo este post existem grandes chances desse quarto ser para o seu bebê, então eu posso imaginar a sua inquietude para fazer o quarto mais maravilhoso do mundo… Ideias não faltam, e justamente por isso é tão difícil decidir para que lado ir.

Independente de você saber o sexo ou não, a primeira recomendaçāo que eu te faço é:

Fuja dos temas exclusivos para bebê.  Deixe para lá papel de parede de ursinho, peixinho, bonequinha…. São muito lindos, mas acredite, enjoam.

Pense no seu filho daqui a 3 ou 4 anos brincando com carros possantes, bonecos  super poderosos, motos, espadas e sentado em meio a ursinhos azul pastel.

Ele vai ser o primeiro a reclamar!

Ouse na escolha da cor das paredes. Esse azul acinzentado permite muitas combinações e pode ser “clareado”quanto você quiser com o uso do branco no berço, nos quadros, cortina e mantas. Fonte: www.designkids.com.au

Mas se mesmo assim você não resistir a fofura dos ursinhos, cachorrinhos… opte por colocar gravuras ao invés de papel de parede ou adesivo, pois quadros podem ser trocados com facilidade.

Faça o que faz um designer diante de um projeto novo.

Passo 1- MEDIR

Para clarear a mente em primeiro lugar meça o cômodo e faça um desenho num papel, indicando onde estão as portas, de entrada, dos armários e a janela.

Passo 2 – RELACIONAR

Imagine onde você quer colocar os móveis e faça uma relação do que vai caber realmente.

Dica: Nas lojas que vendem berços online, tem as medidas da maioria dos móveis.

Se quer ser objetiva,  a partir dai não perca mais tempo olhando fotos de quartos que tem camas de solteiro, estantes, cabanas, casinhas… eu tenho certeza que são lindos, mas  se não vai caber no seu quarto, acabam só confundindo você.

A relação do que você vai precisar deve ficar parecida com essa:

– Berço

– Protetor de berço

– Mosqueteiro ( opcional)

– Trocador

– Poltrona de amamentação

– Puff

– Mesinha

– Luminária de mesa 

– Cortina

– Lustre

– Prateleiras ou Nichos

– Papel de parede ou quadrinhos

– Tapete ( opcional)

Até aqui tá fácil né?

Passo 3 – PESQUISAR

A relação de compras tá grande? Não se assuste, antes de gastar, pesquise na sua casa e na casa de parentes e amigos se há algo que possa ser aproveitado.

Abajures podem ganhar novas cúpulas, mesinhas podem ser pintadas, poltronas podem receber capas coloridas, lustres antigos ficam lindos em quartos de bebe!

Passo 4 –  ELEGER O PONTO DE PARTIDA  

Existem duas opções  de ponto de partida e ambas envolvem uma decisão sobre a maior área de qualquer cômodo; as paredes.

Terão cor ou não?

Caso você diga SIM para cor, siga os passos abaixo:

1º  Escolha livremente uma cor do seu agrado no catálogo de tintas. Eu uso as tintas Coral.

  Escolha uma ornamentaçāo para a parede que agora já tem uma cor definida.

Dica da opcão A.  No caso de gravuras,  escolha  imagens com  80% de cores neutras, e deixe a cor da parede reinar.

Na representaçāo abaixo, para exemplificar fazemos a proposta do uso de 2 cores em 3 tonalidades. Nenhuma das tintas escolhidas ‘e um tom pastel .

O verde é fresco e deriva do verde esmeralda, e o rosa, é quente numa tonalidade que não enjoa ( como a maioria dos rosas usados em decoracão infantil) apropriado para bêbes, crianças e mocinhas.

duas-cores-em-três-tonalidades

Fonte : Autoral Tintas Coral: Verdes: Seda Opala, Quietude, Névoa de Outono. Rosas: Porção de Amoras, Malva de Inverno, Branco Ilusivo.

 

Dica da opção da B.  Escolha livremente a ornamentação da parede principal.

Escolha a cor das paredes que deve ser  inspirada nas imagens ou outro tipo de decoraçāo que você está usando.

Esse exemplo parte do pressuposto de que você vai escolher gravuras com imagens em cores fortes. Vide o exemplo abaixo. Por isso a escolha dos tons pastéis para parede, a fim de para contrabalançar o visual.

A cor do lado direito tem fundo azul, e do esquerdo, fundo rosa. Vestem as paredes e deixam as imagens em destaque.

tons-pastéis-para-parede

Fonte: Autoral Tintas Coral Azul: Estrela Nova Rosa: Espaço Interno

 

Passo 5   — ELEGER O FOCO

Se escolheu uma ou mais imagens das quais a decoração vai derivar, elas serão o foco do quarto…

Ou

Nichos decorados com objetos decorativos…

Ou um lustre pendente, um tapete desenhado…

Passo 6   –  A COMPRA DOS MÓVEIS DE MADEIRA

A menos que vc esteja usando um berço herança de família,de uma madeira nobre, e nesse caso as combinações serão diferentes, sugiro que escolha  todos os móveis   em branco ou em madeira natural.

Criada essa harmonia nada se destacará além do necessário. E o foco eleito permanecerá intacto.

Passo 7 –  A ESCOLHA DO TECIDO DA POLTRONA

Uma peça estofada é sempre uma oportunidade de entrar com cor e estampa numa decoração.   Como regra geral, se sua parede for num tom pastel vc pode trazer para a poltrona a cor complementar (cor oposta) liso ou estampado ou  também usar a mesma cor da parede num tom + forte.

Vide exemplo abaixo.

cores-de-poltrona

Pronto. Viu como quando organizamos, não parece tão complicado!

Iniciar Conversa
1
Tem Dúvidas Sobre os Cursos?
Oi! como posso te ajudar hoje?