O Que É, E Como Fazê-lo Funcionar Na Sua Casa?

 

É ou não é verdade que você sempre sonhou em morar num lugar cheio de paz e tranquilidade, que estivesse conectado ao máximo com a natureza?

Esse desejo tem se manifestado nos quatro cantos do mundo por causa da pandemia e, em poucos meses, foi o suficiente para garantir uma virada no design de interiores e na arquitetura, em direção à natureza.  Conhecido como Design Biofilico , este  o propósito de incorporar a natureza no ambiente construído.

Nos próximos parágrafos vou abordar como o design de interiores está sendo a afetado pelo novo comportamento imposto pela pandemia.Primeiramente, o confinamento social, ao nos manter em casa, mostrou falhas na funcionalidade de certas áreas de nossas casas. Mostrou também ausência de boa estética e ordem em outras áreas, mas principalmente mostrou, que nos falta em casa  “recursos” capazes de nos desestressar e nos transportar para um lugar mais  restaurador e saudável.

 

 

Home Office improvisado tem que funcionar durante a pandemia. Fonte: pocketmag

 

Segundo, as mudanças impostas pela pandemia, com relação a distanciamento social, higienização, bem-estar e entretenimento vieram para ficar e tem causado rodadas de discussão entre acadêmicos e profissionais do design de interiores, na tentativa de prever a direção futura da profissão.

É certo que uma coisa já ficou clara: Design Biofílico, Biomimétrica, Design Sustentável, Design Holístico,  Design Sensorial,Psicologia do Design, Neuroarquitetura…  serão os termos mais usados no que se referir  à Design de Interiores daqui para frente. Apesar de visões  diferentes, todas essas abordagens, valorizam a relação Homen/Natureza.

Você não precisa morar numa casa com belas vistas ou próxima a praias e parques. Existe uma maneira mais fácil de introduzir princípios da Biofilia no seu dia a dia. Sobretudo, se você se lembrar como o homen tem interagido com a natureza a milhares de anos.

 

Entenda exatamente o que é Design Biofílico:

 

É a prática de criar uma estreita conexão com a natureza, através da maneira como as construções são projetadas e construídas. A palavra Biofilia significa amor pela natureza, então trata-se de um tipo de design que usa os recursos naturais para criar harmonia entre a arquitetura moderna e o mundo natural. Um excelente exemplo é imagem abaixo. A milenar árvore estava no meio do terreno, atrapalhando o projeto. Derruba-la ? Jamais. Sua presença no meio da sala é mágica,e ainda divide com magestade a área da Tv do living mais formal. O Design Biofílico pode reduzir o stress, melhorar as funções cognitivas e criativas, e apressar curas.

 

Casa no Rio de Janeiro, por Alessandro Sartore, Foto MCA estúdio via The Spaces

Veja aqui minhas 7 sugestões para você introduzir o Design Biofílico na sua casa

 

 

1. Ar Puro

Devemos ter o hábito de manter cortinas e janelas abertas para o ar e os sons entrarem nos ambientes , mas você deve estar pensando… vai entrar pó e barulho de carro…. Entretanto vale a pena testar, porque não existe experiência na natureza que nos mantenha protegidos desses aspectos.

 

Sala de estar,jantar e cozinha conjugadas com entrada de luz e ar pela claraboia/mezzanino   Fonte: Houzz Uk

 

 

2. Luz e Sombra

 

Uma das maiores evidências de que estamos com saúde, é o perfeito funcionamento do nosso ritmo cicardiano. Para,isso ele precisa ter acesso a luz do dia e da noite. Intuitivamente, mapeamos as horas do nosso dia, acompanhando as sombras mudando de lugar, a medida que o sol se move. Logo,é preciso passar algum tempo do ” lado de fora”, estreitando as fronteiras entre dentro e fora de casa. Abra a cabeça quanto a lugares para trabalhar, tenho visto muitas pessoas mudando o home office para a varanda, por exemplo.

 

Fonte: fabulouslygreen.co.uk

3. Traga a Natureza para Dentro

 

Traga a natureza para a sua sala, porque a regra número um  do Design Biofilico, é que você tenha uma conexão visual com características da natureza, antes de qualquer coisa.

Através  de uma variedade de plantas, paredes  pintadas de verde, fontes, madeira, pedra, cores e texturas comuns na natureza.

Pense por exemplo, nos benefícios de uma divisória verde. Separa os ambientes, sem pesar visualmente como uma parede.  As plantas limpam o ar e quando penduradas no teto, funcionam como um filtro no ambiente. além de tirarem o foco de  aspectos menos favoráveis de uma decoração.   Não dispense  o uso de gravuras e pinturas com imagens de árvores, flores e folhas, elas também contribuem para criar o clima.

 

Divisória de ambientes perfeita para trazer a natureza para dentro dos ambientes. Acervo Pessoal

 

 

4. Crie um Jogo de Perspectiva e Refúgio

 

Lugares fechados, onde nos sentimos seguros, porém com a chance de olhar a distância, restabelecem nosso senso de segurança e conforto. Você tem um canto, no qual suas laterais e costas ficam protegidas, enquanto você “supervisiona” o movimento?

 

Espaços privados em escritório com planta aberta. Fonte:SeatGeek’s Soho offices, por Rayon Richards

 

5. Formas e Formatos Orgânicos

 

Hoje em dia o mais comum é encontrar linhas e cantos retos nas construções. As linhas curvas como das ondas, flores,conchas tem uma complexidade bonita, porém são mais caras de conseguir.

Então invista em trabalhos criados pelo designer Giuliano Martinuzzo,  e gravuras com linhas curvas. Procure estampas de círculos, ao invés de listras, tapetes com padrões orgânicos ao invés de lisos. Decore com galhos, pedras, flores, pois seus formatos ajudam a suavizar o ambiente.

 

 

Pintura na parede realizada pelo designer Giuliano Martinuzzo

 

 

6. O Espírito do Lugar

Quem se preocupa em incorporar a natureza nas construções, com certeza tem o cuidado de não agredi-la. Então qual a palavra de ordem que combina com esse conceito quando pensamos num projeto de design de interiores?  Sustentabilidade. Reutilização e reestilização de móveis, tecidos, quadros, roupas, bolsas chapéus, etc..

Quando pensamos em arvores, associamos à madeira gasta, com imperfeições, quando pensamos em cores…. a natureza não é nem bege , nem cinza…O lado de fora da nossa casa tem sons, tem cheiros… isso tudo constitui  o espírito do lugar.

Com tantas mudanças no mundo, tenho a certeza que você não quer ficar de fora. Vem fazer a diferença e apoie a a causa da reaproveitamento da moda, conheça nomoremag.

 

 

7. Biomimétrica

 

Aqui vamos nós com uma mais um termo, que até o começo de 2020 era pouco ouvido.

Assim como Biofilia, esse princípio está surgindo nos debates  sobre o futuro do Design de Interiores  pós pandemia da  Covid-19.

Biomimétrica é a área que estuda os princípios criativos e estratégicos da natureza, visando soluções para problemas atuais da sociedade, unindo funcionalidade, estética e sustentabilidade.

Cadeiras desenhadas por Eduardo García Campos,”Majestic Monarch Chairs” Fonte:Pinterest

O que isso tem a ver com a sua casa?

 

Daqui para frente vai crescer a oferta de móveis em formatos e materiais não usuais.  Serão propostas decorações  feitas com paredes móveis, de plantas, de papelão, por exemplo.

 

Parede Dobrável de Papelão

Parede Dobrável de Papelão. A liberdade de projetar seus espaços está nas suas mãos.   Fonte:molostudio

 

A ideia é que  você tenha mais liberdade para mudar tudo de lugar, a medida que tenha necessidade de um layout (  plano de distribuição dos elementos dentro de um espaço) para seu  ambiente, seja por motivos físicos ou emocionais.

Com todas essas mudanças repentinas no mundo, chegou o momento em que você mesma (o) vai por as mãos na massa para tomar a frente da decoração dos seus espaços.

Conte comigo, acesse Decoração Sem Dúvida.e conheça meus  cursos e planos de consultoria de Design de Interiores.

Um abraço,

Silvana Hindi

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Iniciar Conversa
1
Tem Dúvidas Sobre os Cursos?
Oi! como posso te ajudar hoje?